terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Desejo de viver

O desafio, ao criar a nossa primeira música, foi o de que ela reflectisse o que nos leva ali, aos ensaios do Som da Rua. A primeira expressão foi "desejo de viver". Depois veio a "comunhão", o "fantástico", o "presente". Fomos por aí fora até chegar ao primeiro texto: "Estamos em forma pra cantar/Felizes por estar aqui/Viver" e para o refrão aproveitamos: "Desejo de viver/Comunhão/Fantástico/Presente".
O que aqui fica são as primeiras imagens, os primeiros sons. Desde o dia que gravámos este vídeo já muito trabalho foi feito. Interessante será ver o crescimento musical do grupo daqui a uns tempos, quando voltarmos a filmar esta mesma canção. Aí vamos rir desta primeira versão!
Bons ensaios!

video

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Som da Rua - O começo


O projecto Som da Rua é mais um projecto do Serviço Educativo da Casa da Música que eu tenho o privilégio em estar envolvido.
É um projecto especialmente dirigido a quem conhece a rua melhor que ninguém, e tem vários parceiros associados, que têm ajudado na divulgação do projecto. Os ensaios são às quartas-feiras, pelas 14 horas, nas instalações da S.A.O.M., Rua das Virtudes nº 11.
O trabalho começou há pouco mais de um mês e o grupo tem vindo a crescer. Já há músicas compostas por todos e aos poucos começamos a ter instrumentos. Em Julho estaremos em condições de nos apresentarmos na Casa da Música!
Aqui, neste espaço irei mostrando algum trabalho e lançando alguns apelos. E o primeiro é bem simples: precisamos de mais instrumentos! Percussões, essencialmente instrumentos de percussão. No entanto, instrumentos de corda e de sopro também são bem-vindos. E se alguém tem, ou conhece alguém que tenha, vontade em desfazer-se de um acordeão ou concertina, dê-nos conhecimento. Temos tocadores à altura!
O processo é simples: escrevam para projectosomdarua@gmail.com que logo se arranja maneira de por o(s) instrumento(s) ao serviço da orquestra Som da Rua.
O pontapé está dado! A partir de agora colocarei aqui imagens, sons e filmes do nosso trabalho. Do outro lado espero ideias, sugestões e outras contribuições.
Bons ensaios!